Em reunião da Ciência e Tecnologia, indústria metalmecânica cobra valorização pelo Estado



O futuro dos setores de metalmecânico e de petróleo e gás no Espírito Santo foram debatidos pela Comissão de Ciência e Tecnologia nessa terça-feira (30). O presidente do colegiado, deputado estadual Sergio Majeski (PSDB) recebeu representantes do Centro Capixaba de Desenvolvimento Metalmecânico (CDMEC), que fizeram um panorama do setor.

Contando com 1.423 empresas na área, que emprega 25 mil pessoas e fatura anualmente R$ 4 bilhões, somente no Espírito Santo, podendo o valor dobrar quando somada a produção em outros pontos do país, o setor é pouco valorizado no Estado, na visão do presidente da CDMEC, Durval Vieira Freitas.

“Temos empresas muito boas, mas com pouco reconhecimento. O setor metalmecânico não é um setor fim, é um setor meio. Você faz o aço para usar na saúde, na educação, em qualquer tipo de negócio”, explicou.

O presidente frisou que a CDMEC é uma instituição de fomento da cultura da inovação. “Temos muitas empresas inovadoras, mas que não registram seus produtos e suas patentes. Nosso negócio é aumentar a competitividade das empresas locais e capacitar nossa mão-de-obra”, ressaltou Freitas.

O presidente também frisou que as empresas exploradoras de petróleo têm a obrigação de investir 1% de sua receita bruta em inovação. “O Espírito Santo tinha que ter investido R$ 1,3 bilhão. Sabe quanto investiu? Menos de R$ 100 milhões”, relatou. “Mas não é culpa da Petrobras, a culpa é nossa que não cobra (da empresa)”, disse.

Educação

Os convidados também falaram da importância do investimento em educação e em qualificação profissional para que a indústria capixaba possa prosperar. O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, deputado Sergio Majeski (PSDB), concordou: “Não existe desenvolvimento tecnológico nem educação sem investimento. O investimento em educação é fundamental e ligado à qualificação profissional. O problema é que as grandes empresas que atuam aqui não investem no Espírito Santo”, comentou Majeski.


Petróleo e gás

O setor petroleiro também foi abordado pelo diretor do CDMEC e coordenador executivo do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás, Luiz Alberto Carvalho. Ele falou sobre os objetivos do fórum, que são o fortalecimento da imagem do Estado para a atração de investimentos; o desenvolvimento de novos produtos; a geração de oportunidades para empresas locais; e a capacitação e a qualificação.

cienciaetecnologia, colegiado, comissao, metalmecanica, petroleoegas, sergiomajeski

Ele também falou sobre o potencial capixaba no setor. O Espírito Santo é o segundo maior Estado produtor de petróleo do Brasil e tem capacidade de expansão, com a exploração em terra, principalmente no norte do Estado.

A comissão e os representantes do CDMEC devem agendar novos encontros para discutir os temas abordados. Também participaram do encontro o diretor do CDMEC, Leandro Barcellos de Passos, e o ex-presidente da instituição, Fausto Frizzera Borges.

Texto Titina Cardoso/Web Ales

Assessoria de Imprensa Fiorella Gomes

#Comissão #ciênciaetecnologia #Colegiado #Metalmecânica #PetróleoeGás #Majeski

Especiais

Clipping

Deputado Sergio Majeski
Avenida Américo Buaiz, 205, Gab. 602
Enseada do Suá, Vitória | Espírito Santo | Brasil
29.050-950

Telefone: 27 3382-3582
E-mail: sergiomajeski@al.es.gov.br

Contato

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram