Escravidão Negra é tema de Audiência Pública



Nesta terça-feira (18), aconteceu no Plenário da Assembleia Legislativa uma audiência pública para debater o processo histórico da escravidão negra no Espírito Santo. O deputado Sergio Majeski foi o proponente do evento através da Comissão de Cidadania. A solenidade teve o objetivo de apoiar os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão Negra no Brasil, criada recentemente pela Ordem dos Advogados no Brasil (OAB). A intenção do movimento é promover um resgate histórico do processo de escravidão, com a finalidade de responsabilizar o Estado brasileiro e promover reparações decorrentes das opressões, torturas, prejuízos materiais e exclusão social a que o negro foi submetido ao longo da história no Brasil. No Espírito Santo, o movimento é coordenado pela Subcomissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra, instituída no âmbito da OAB/ES. A audiência pública contou com a presença de vários ativistas da causa negra e também de representantes de religiões de matrizes afro-brasileiras, entre elas a mãe de santo Laurinda Adão, bisneta de escravos, e Carlos Henrique Januário (pai de santo Carlão).

Assessoria de Comunicação Flavio Santos Izabel Mendonça Léo Júnior

Fotografia Comunicação ALES


© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram