Competições: Emenda de Majeski garante R$ 4 milhões para viagens de alunos

Iniciativa do deputado vai evitar situações como as vivenciadas por estudantes de escolas em São Mateus e Serra, que classificados para uma competição na China não tinham recursos para as despesas


A ‘temporada 2020/2023’ promete ser de menos obstáculos para os estudantes da Rede Estadual que se classificarem para disputar competições educacionais e esportivas em outros estados ou países.


Emenda de autoria do deputado estadual Sergio Majeski (PSB), aprovada no Plano Plurianual 2020-2023 do Governo do Espírito Santo, direciona R$ 4 milhões para custear as viagens, nacionais e internacionais, e garantir as respectivas participações.


“Sem dúvida alguma é um avanço que valoriza a dedicação de alunos e professores. Nos últimos anos foi comum ver a ansiedade e o esforço dos estudantes, que classificados para participar de feiras e olimpíadas de matemática, física e robótica, por exemplo, e de competições esportivas, tinham ainda que dar um jeito de arrecadar os recursos para custear as viagens. Essa é mais uma contribuição que valoriza a educação”, destaca o deputado Majeski.


Nos últimos meses de 2019, dois casos chamaram a atenção na região da Grande Vitória e no interior capixaba. Grupos de estudantes das escolas estaduais Maria Penedo (Serra) e Wallace Castelo Dutra (São Mateus) foram classificados para integrar a delegação brasileira na World Mathematics Team Championship, olimpíada de matemática realizada em novembro na China, mas não tinham recursos para viagem e estadia.


Por aluno, o custo era de aproximadamente R$ 10 mil. Demandada na época, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) informou que não poderia arcar com as despesas.


Para tentar solucionar o impasse, estudantes e familiares organizaram vaquinhas virtuais, solicitaram patrocínio e apoio político e se mobilizaram vendendo rifas e diversos produtos para arrecadar recursos.




Imagem: Léo Junior

0 comentário