Majeski vai processar autores de fake news

As três pessoas identificadas pela Polícia Civil como autores da fake news contra o deputado estadual Sergio Majeski (PSB) serão acionadas judicialmente pelo parlamentar.


“Criar, divulgar e repassar mentiras pela internet é crime e as pessoas precisam entender isso. Se você não tiver certeza sobre o fato e sobre a origem do mesmo, não repasse nada, não contribua com o crime. Parabéns à Polícia Civil pelo trabalho de investigação”, destaca o deputado Majeski.


O fato ocorreu em 2017. De acordo com o inquérito da Polícia Civil, o grupo criou perfis falsos na internet para divulgar conteúdos e informações mentirosas, atribuindo ao parlamentar “um projeto para proibir o uso da bíblia sagrada, com o propósito de conseguir construir um estado com educação”.


Assim que tomou conhecimento das postagens das redes sociais, o deputado Sergio Majeski fez um boletim de ocorrência na Polícia Civil, que investigou o caso. Nesta quinta-feira (14), o delegado Breno Andrade, da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos, informou que vai indiciar os três envolvidos e encaminhar para o Ministério Público oferecer denúncia.


Sergio Majeski

Especiais

Clipping

Deputado Sergio Majeski
Avenida Américo Buaiz, 205, Gab. 602
Enseada do Suá, Vitória | Espírito Santo | Brasil
29.050-950

Telefone: 27 3382-3582
E-mail: sergiomajeski@al.es.gov.br

Contato

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram