Majeski debate com a população sobre a reabertura do Ensino Médio em Muniz Freire



Moradores das comunidades de Itaici e Menino Jesus, no município de Muniz Freire, estiveram reunidos com o deputado estadual Sergio Majeski (PSDB), nesta quinta-feira (1º), para discutir a reabertura das turmas de Ensino Médio das escolas Judith Viana Guedes e Menino Jesus, que foram encerradas pelo Governo do Estado. Aproximadamente, 130 pessoas comparecem às reuniões.

O parlamentar retornou a cidade para conhecer a realidade dessas comunidades escolares e organizar estratégias legais junto aos pais e alunos, que sofrem com a possibilidade de não poder mais estudarem ou não poder mais contar com o seu direito constitucional de frequentar uma escola próximo à sua casa, para que as leis sejam cumpridas.

Com o encerramento das atividades dessas unidades escolares, alunos teriam que percorrer, diariamente, até 80 quilômetros para poderem continuar frequentando as salas de aula, uma vez que a unidade mais próxima seria a localizada na sede de Muniz Freire.

Muitos dos estudantes, conforme as reclamações apresentadas ao deputado Majeski, necessitam estudar no turno noturno, já que têm atividades diárias nas áreas rurais ou compromissos como jovem aprendiz e, portanto, não podem estudar durante o dia.

Acompanhamento judicial

Majeski se comprometeu a acompanhar a tramitação da Ação Civil Pública da Promotoria de Justiça. Em sua passagem por Muniz Freire, o deputado esteve reunido com o promotor Elion Vargas Teixeira.

Essas comunidades lutam contra o fechamento dessas turmas de Ensino Médio desde 2015. Na ocasião, além das escolas Judith Viana Guedes e Menino Jesus, a unidade Professora Maria Candido Kneipp, situada na localidade de Vieira Machado, também teve suas turmas de ensino médio encerradas.

Na época, em decisão na ação civil pública, o juiz Marcos Antônio Barbosa de Souza determinou em liminar que as escolas funcionassem em 2016 e 2017. Entretanto, no recurso impetrado pelo Governo do Estado, o Tribunal de Justiça, na figura do desembargador Dair José Bregunce de Oliveira, cassou a liminar. Como resultado, 128 alunos perderam o direito de sonhar em continuar estudando.

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) reabriu, recentemente, as turmas de Vieira Machado. As matrículas já estão sendo feitas e as aulas recomeçam no próximo dia 5. A luta, agora, é para que o Ministério Público consiga reverter a situação em favor das comunidades escolares de Itaici e Menino Jesus.

Assessoria de Imprensa Fiorella Gomes

#MunizFreire #EnsinoMédio #ReaberturadeTurmas

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram