Majeski leva debate sobre juventude e educação ao município de São Mateus



Os efeitos do fechamento de escolas, turmas e turnos na vida de crianças, adolescentes e jovens serão discutidos em São Mateus, nesta quinta-feira (25), na audiência pública “Juventude: direito à educação e ao trabalho”, convocada pela Frente Parlamentar da Juventude, presidida pelo deputado estadual Sergio Majeski (PSDB). O evento será realizado no auditório do Sindiserv, às 19 horas.

Durante a audiência, a política educacional do governo Paulo Hartung estará no cerne da discussão. Política essa que excluído dos jovens, ao negar o direito básico à Educação.

“Este é um problema que afeta direta e indiretamente toda a sociedade. No Espírito Santo há mais de 60 mil jovens estão fora da escola”, afirma Majeski.

Entre 2015 e 2016, o estado fechou 50 escolas estaduais, mais de 500 turmas e turnos, sobretudo os noturnos nas escolas do interior. As turmas da Educação Jovens e Adultos (EJA) também foram alvo dos cortes do Governo, que pretende transformar o programa em Ensino à Distância (EAD).

Ocupação

São Mateus é um dos municípios do Espírito Santo que foi palco de ocupação de escolas estaduais. O motivo central foi a implantação do programa Escola Viva. Os alunos relatam que a maioria não pode permanecer o dia todo na escola como determina o programa.

#Educação #SergioMajeski #SãoMateus #Juventude #Trabalho #audiênciapública

0 comentário