Estado fecha cursos técnicos nas escolas estaduais, mas contrata vagas nas particulares



Embora tenha fechado diversos cursos técnicos oferecidos pelas escolas estaduais, a Secretaria de Educação (Sedu) publicou o resultado de um chamamento público no Diário Oficial dessa terça-feira (31) para compra de 40 vagas dessa mesma modalidade em unidades de ensino particulares. A compra foi feita por meio do programa “Bolsa Sedu”. O fato chamou a atenção do deputado Sergio Majeski (PSDB), que protocolou requerimento de informação para saber como esse processo se dará e a real demanda existente para esses cursos.

“Não é apenas paradoxal, é algo de certa forma estranho. Muitos cursos técnicos do Estado foram fechados. Lembro de dois casos específicos: Jerônimo Monteiro e Alegre. A Sedu alegou que os fechou porque não havia demanda. É mentira, havia lista de espera, nós recebemos essas listas no gabinete. Olhando, hoje, o Diário Oficial, fiquei aqui a pensar: se não tem demanda para os cursos técnicos que o Estado oferece nas escolas de sua rede de ensino, como vai ter para essas unidades particulares que o Estado está comprando vagas?”, ponderou.

Algumas das unidades vencedoras do pleito estão localizadas nos municípios de Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, São Gabriel da Palha, São Mateus, Serra e Vitória. “Agora eu me pergunto: tem demanda para esses cursos nessas cidades?”, questionou o deputado.

Majeski argumenta ainda como serão tratados os municípios onde não há unidades particulares e as turmas de qualificação foram fechadas pelo Estado, como Jerônimo Monteiro. “A política estadual de educação, já tenho dito, é uma tragédia de forma geral. Em casos como esse levanta até uma suspeita de que a Sedu estaria beneficiando empresários da rede particular de ensino, ao invés de oferecer isso nas próprias escolas estaduais. Porque não há de se entender um processo como esse. E olha que as cifras somadas não são baixas”, afirmou.

Ao todo, foram 19 lotes, dos quais quatro foram desertos, ou seja, não teve ofertas e outros quatros, fracassados. O que significa que teve oferta mas elas não atenderam aos requisitos do chamamento público. Somados, os valores dos lotes vencedores chegam a R$ 2.603.281,60.

Confira o discurso


Assessoria de Imprensa

Fiorella Gomes

#sedu #BolsaSedu #Majeski #DiárioOficial #Escolas #CursoTécnico #Educação #majeski

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram