Majeski: Volta da CPMF vai penalizar os mais pobres


Na sessão desta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Sergio Majeski (PSB) alertou sobre a tramitação da reforma tributária. Para o parlamentar, há necessidade de uma reforma tributária “ampla e justa, com distribuição correta dos recursos” e que “a reforma que está sendo discutida, em grande parte, não passa de remendos”.


Majeski criticou a possibilidade de retorno da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) que, segundo ele, penalizará a parcela mais pobre da sociedade e também falou sobre a necessidade de desonerar o consumo e tributar a renda e as grandes fortunas.


Outro destaque feito pelo parlamentar é a necessidade de revisão dos incentivos fiscais concedidos pela União e pelos Estados. Ele salientou que o Espírito Santo, por exemplo, perde mais de R$ 5 bilhões ao ano em função de renúncias fiscais.


Confira!



Imagem: Tati Beling

0 comentário