Majeski: texto aprovado da LDO diminui importância do Legislativo


Por 19 votos a favor e sete contra, na tarde desta segunda-feira (17) na Assembleia Legislativa (Ales), os deputados estaduais aprovaram o Projeto de Lei (PL) 312/2019 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O orçamento aprovado prevê receita primária de R$ 14,8 bilhões e despesa de R$ 15,5 bilhões, ou seja, deficit de R$ 646,2 milhões.


O deputado Sergio Majeski (PSB) votou contra e alertou os colegas sobre o projeto da LDO, enfatizando que a forma como o texto foi aprovado vai de encontro ao trabalho do próprio Legislativo.


Ao todo a matéria recebeu 201 emendas, das quais 175 foram rejeitadas e 25 prejudicadas. Majeski apresentou 19 emendas (rejeitadas) com propostas que valorizavam a transparência, os investimentos na educação pública, a defesa dos direitos dos cidadãos e o controle, a fiscalização e o acesso aos investimentos públicos.



© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram