Nova Indicação de Majeski orienta reajuste de 12,84% para todo o magistério


Um dia após o Governo do Estado anunciar reajuste de 12,84% no salário de professores ativos e inativos que recebem abaixo do Piso Nacional da categoria, o deputado estadual Sergio Majeski (PSB) apresentou a Indicação 389/2020 para que seja feita a correção da tabela de subsídios do magistério, na mesma proporção, de modo que contemplem todos os profissionais da área da Rede Estadual de Ensino.


O objetivo é garantir o mesmo reajuste, de forma isonômica, a todos os cerca de 16 mil professores que estão na ativa.


“O reajuste como foi anunciado parece que foi para todo mundo e de forma igualitária, ou seja, que será aplicado para toda categoria do magistério. E não é bem assim. Ele será aplicado apenas sobre o que Governo considera o piso básico, para os professores sem graduação que ganham cerca de R$ 1,5 mil. Esses professores já estão aposentados, na grande maioria, e quem está na ativa representa uma pequena parcela da Rede.



Atualmente os professores que possuem curso superior são a maior parte e eles também precisam ser contemplados com o reajuste. É o justo! Caso o Governo não possa conceder o reajuste de uma só vez, que faça de forma escalonada. A média salarial dos professores do Estado do Espírito Santo está abaixo da nacional”, destaca o deputado Majeski.


Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Cumprimento dos Planos Nacional (PNE - 2014/2024) e Estadual de Educação (PEE - 2015/2025), no texto da Indicação, Majeski argumenta que o reajuste na tabela de vencimentos deveria ser uma política permanente de valorização do magistério por parte do Poder Público e que demonstraria o empenho do Estado para cumprir, mesmo com atraso, a Meta 17 do PEE 2015/2025 (Lei nº 10.382/2015).


No texto, a Meta 17 estabelece “Valorizar os(as) profissionais do magistério das redes públicas de educação básica de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos(as) demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do quinto ano de vigência deste PEE”.


Em uma semana é a segunda vez que o deputado Majeski apresenta indicação para que o Governo do Estado aumente os investimentos para melhorar a remuneração os professores da Rede Estadual de Ensino. Anteriormente, o parlamentar apresentou a Indicação 300/2020, aprovada na Assembleia Legislativa, para que seja concedido reajuste diferenciado de salário aos profissionais da educação, ao longo dos próximos anos.



Foto: Leonardo Tononi

Especiais

Clipping

Deputado Sergio Majeski
Avenida Américo Buaiz, 205, Gab. 602
Enseada do Suá, Vitória | Espírito Santo | Brasil
29.050-950

Telefone: 27 3382-3582
E-mail: sergiomajeski@al.es.gov.br

Contato

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram