Deputado Majeski propõe auditoria do Tribunal de Contas nos gastos sigilosos do Governo do Estado



A falta de transparência com alguns dos gastos sigilosos do Governo do Estado pode estar com os dias contados. O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) apresentou requerimento para que a Assembleia Legislativa solicite formalmente que o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo realize inspeção e auditoria num conjunto de despesas que consumiram cerca de R$ 40 milhões de recursos públicos, entre os anos de 2015 e 2018.

São gastos com passagens aéreas, combustível para veículos e aeronaves, gêneros alimentícios e locação de veículos da Secretaria da Casa Militar, que atende a Governadoria e a Vice-governadoria do Estado.

De acordo com o requerimento de Majeski, aprovado na sessão desta segunda-feira (03), a prerrogativa de manter em segredo informações do Poder Público é exclusiva para casos em que a publicidade dos dados coloque em risco a segurança nacional, o que não se aplica aos gastos sigilosos mencionados na proposta.


#Transparência #DeputadoMajeski

0 comentário