Dia da Consciência Negra pauta debates em plenário


O Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado nesta terça-feira (20), foi tema de discursos da sessão ordinária na Assembleia Legislativa (Ales). Deputados defenderam a importância da data como momento de reflexão e debate sobre a real inserção da população negra na sociedade e o desenvolvimento de políticas que combatam a desigualdade racial.

Quem enalteceu a data foi o deputado Sergio Majeski (PSB). “Em tempos estranhos, as lutas pela igualdade racial e gênero ainda são tratadas como 'coitadismo'. Há algo de errado. Ainda, apesar de alguns avanços, no nosso Parlamento, por exemplo, nenhum dos deputados pode ser dito realmente negro. A data é importante. O Brasil é de desigualdade racial, desigualdade social, desigualdade sexual”, pontuou.

Para Majeski, a questão da violência racial está evidente quando “comparado um homem branco com um homem negro, a situação é uma, mas se for negro e nordestino o perigo aumenta, e se for negro, nordestino e gay, a situação piora”. Esse diagnóstico seria mais alarmante na questão das mulheres, segundo ele.

“O que assusta é quando figuras públicas minimizam isso. Precisamos aprofundar os debates dessas questões que ainda pesam na sociedade. Você não vive a realidade do outro e olha para o mundo conforme você vê o seu mundo”, contestou. Confira o discurso.


#ConsciênciaNegra #Igualdade

Especiais

Clipping

Deputado Sergio Majeski
Avenida Américo Buaiz, 205, Gab. 602
Enseada do Suá, Vitória | Espírito Santo | Brasil
29.050-950

Telefone: 27 3382-3582
E-mail: sergiomajeski@al.es.gov.br

Contato

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram