Tribunal de Contas: Majeski defende mudanças na escolha de conselheiros



O deputado estadual Sergio Majeski (PSDB) defendeu, mais uma vez, as mudanças nos critérios de escolha dos Conselheiros dos Tribunais de Contas. O parlamentar aderiu a campanha #MudaTC, em apoio a PEC 329 do Congresso Nacional, que é contra indicação de políticos para as cadeiras de conselheiros das 34 cortes de contas do país e a exigência de atividades sejam fiscalizadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Os conselheiros são sempre indicações políticas feitas pelas assembleias e pelos governos. Uma pesquisa feita recentemente diz que dos 233 conselheiros pelo país, 80% já tiveram cargos eletivos ou de destaque na administração pública, 33% tem parentes políticos e 23% deles já foram processados ou condenados. Todas essas questões envolvendo os Tribunais de Contas e seus conselheiros deixa muito claro que o modelo de indicação política está esgotado”, destacou.

Majeski é autor do projeto que visa diminuir a influência política na escolha dos conselheiros da Corte de Contas capixaba. Segundo a proposta, pelo menos duas das quatro vagas do Tribunal de Contas indicadas pela Assembleia Legislativa, devem ser preenchidas por auditores de carreira.

- Confira o pronunciamento de Majeski:


Assessoria de Imprensa

Fiorella Gomes

#SergioMajeski #MudaTC #TribunaisdeContas #CortedeContas #Conselheiros

0 comentário