Deputado repercute cenário político do país diante da crise econômica, moral e ética



Mais uma vez, o deputado Sergio Majeski (PSDB) se mostrou preocupado com o cenário político brasileiro. Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (04), o parlamentar voltou a abordar o assunto da tribuna da Assembleia Legislativa, reforçando o papel da população para mudar os rumos do país.

Majeski alertou que o Brasil ainda precisa trilhar um longo caminho até que grande parte da população tenha um nível de escolaridade significativo e, assim, uma boa compreensão do que acontece no país.

“Estamos em uma crise política, econômica e, sobretudo, moral e ética. E, às vezes, as pessoas não conseguem entender em profundidade o que está acontecendo no Brasil. E o jogo se limita a questão de tirar ou não o presidente. Como se isso resolvesse os nossos problemas. Boa parte da população não consegue entender que o nosso sistema está todo corrompido. Que a corrupção do Brasil é, se quer, apartidária. Ela está permeada em praticamente todos os partidos, em quase todos os segmentos e instituições. Algumas vezes, até mesmo em igrejas. Precisamos de uma capacidade maior de interpretação”, analisou.

Para completar sua reflexão, o deputado fez uma correlação com o livro a Revolução dos Bichos, de George Orwell, escrito em 1945, que faz uma crítica ao poder e a manipulação política. (Ver nota abaixo).

“O que isso tem a ver com o que comecei a dizer sobre a crise brasileira? Tem tudo. Embora, quando o Orwell escreveu esse livro, ele satirizasse o stalinismo implantado na antiga União Soviética, esse livro ajuda muito a pensar as entranhas da política brasileira. No sentido de que essa questão permeia a política brasileira. Todo nosso sistema está contaminado e grande parte da população não consegue enxergar o contexto amplo”, disse.

“No Brasil, desde os municípios até a esfera federal, existe a falta do republicanismo, da ética e do comprometimento com a sociedade. Vemos um patrimonialismo imenso, em que se usa da máquina pública em benefício de determinados partidos ou de determinadas pessoas. Por isso, é preciso criar no Brasil mecanismos para que as leis funcionem e que impeçam que esse sistema se perpetue”, completou.

Confira o discurso do deputado


Nota sobre o livro

“Revolução dos Bichos”, de 1945, é uma sátira do escritor George Orwell ao sistema comunista implantado na antiga União Soviética. Usando como metáfora animais de uma fazenda, ele mostra como os líderes enganavam o povo. Os porcos - na obra, os animais mais inteligentes da fazenda -, convence os demais bichos a matar os seus donos (fazendeiros) para evitar que continuassem a ser explorados por ele. Após a morte, conseguiriam construir uma sociedade ideal.

E assim se faz: os animais matam os fazendeiros. Os porcos assumem como líderes e criam uma ideia utópica de sociedade, mas passam a explorar o trabalho dos outros animais. O livro mostra como os porcos enganam o tempo inteiro os bichos, reafirmando a ideia de que os humanos, sim, são os grandes inimigos deles.

Somente no final da obra, os animais descobrem que eles são explorados pelos porcos, que negociam toda a produção da fazenda com os humanos. Momento em que os demais animais, flagram os porcos rindo, gritando, fumando, bebendo e jogando baralho com os humanos. A essa altura, os animais já não reconheciam mais quem era humano ou quem era porco.

Assessoria de Imprensa Fiorella Gomes

Web Ales

#crise #economia #ética #Impeachment #política #discurso #RevoluçãodosBichos #GeorgeOrwell #Majeski

Especiais

Clipping

Deputado Sergio Majeski
Avenida Américo Buaiz, 205, Gab. 602
Enseada do Suá, Vitória | Espírito Santo | Brasil
29.050-950

Telefone: 27 3382-3582
E-mail: sergiomajeski@al.es.gov.br

Contato

© Sergio Majeski 

Todo o nosso material é livre para compartilhamento, reprodução e divulgação, desde que seja citada a fonte: sergiomajeski.com.br

Planejamento Estratégico, Site, Planejamento Digital  - Thaís Aguiar

Política de privacidade

  • whatsapp_edited
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram